Modalidades especiais de investimento

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Modalidades especiais de investimento

No comércio com opções você tem muitas possibilidades de investimento. Você só tem que buscar aqueles tipos de opções que mais se adaptem a suas necessidades e que te proporcionam mais vantagens na hora de negociar com os preços dos ativos subjacentes.

Quando você se cadastra em um broker para iniciar sua atividade nos mercados de opções online é interessante que você repare nos diferentes tipos de operações disponíveis assim como nos períodos de vencimento que se oferecem para tais opções.

Dependendo de seus objetivos com certeza umas opções funcionem melhor pra você do que outras.

Os tipos de opções disponíveis

  • Opções padrão. Dentro das operações com opções binárias temos as mais habituais que são as opções binárias padrão. Nestas opções é onde unicamente se negocia com a direção do preço do ativo, sem importar mais nada. Digamos que se trata das opções básicas com uma mecânica simples de entender e colocar em prática.
  • Opções de toque (Touch/One Touch). Mas depois temos outras opções mais complexas onde se deve ter em conta mais fatores como no caso das operações de toque onde o preço além de ser de alta ou de baixa deve tocar um valor limite pré-estabelecido. No caso de que a cotação não alcance tal valor teremos perdido a operação.
  • Opções de range. Uma mistura de ambas opções citadas anteriormente seriam as opções de range. Nestas opções o objetivo é que o preço do ativo se mantenha dentro de um range de preços, sem ultrapassar os limites nem inferior (preço mínimo) nem superior (preço máximo). Nestas operações se podem conseguir rendimentos tanto em ativos voláteis como ativos que estão passando por um momento de mais estabilidade.
  • Opções personalizáveis. Por último temos que destacar entre os tipos de opções disponíveis as opções personalizadas ou personalizáveis. Estas operações são as favoritas dos investidores experientes já que lhes permitem controlar as operações adaptando-as a seus objetivos e necessidades de trading. A característica principal destas opções é que se pode ajustar os níveis de rendimento e exposição ao risco do trader.

Ferramentas de investimento

Agora que você conhece os tipos de opções disponíveis mais habituais, e os que poderia encontrar sem nenhum problema em qualquer plataforma de trading ou broker online, vamos falar de algumas ferramentas de investimento que podem te ajudar com suas operações.

Já que se trata de modalidades especiais tenho que dizer que estas opções não estão disponíveis em todos os brokers, então se você tem a intenção de fazer uso de alguma destas ferramentas é importante que averigúe primeiro se seu broker te oferece este tipo de serviço.

Dentro das modalidades especiais de investimento temos que destacar duas das mais populares na internet. Se tratam das opções Take Profit e Roll Forward. Basicamente são ferramentas que servem para encerrar uma posição com antecedência e para aumentar o período de vencimento de acordo com as necessidades de cada um. São muito úteis para salvar operações.

  • Take Profit. A modalidade de Take Profit pode ajudar muito suas operações já que serve para produzir ganhos. O objetivo desta ferramenta é encerrar a posição quando esta tenha alcançado um preço determinado. Basicamente funciona como um limite para proteger seu investimento. Você só tem que fixar o preço limite e quando a cotação o alcançar se encerrará a posição automaticamente, recolhendo os benefícios.
  • Roll Forward. Quando se investe é muito normal que algumas operações não saiam tão bem quanto esperávamos. Para nossa sorte, há ferramentas que nos permitem reduzir os riscos. Imagine por um momento que você executa uma ordem CALL e o preço do ativo não apenas não sobe o suficiente senão que está começando a cair perigosamente próximo do limite mínimo. Pois bem, neste caso a opção Roll Forward te ajudará a conseguir um pouco de tempo extra aumentando o período de vencimento de sua operação.

Como você pode ver estas duas opções podem de ajudar a reduzir os riscos de acabar com perdas e fazer você recolher seus ganhos a tempo. Certamente são ferramentas muito necessárias para tirar o máximo de proveito das operações de trading em opções.

Do mesmo modo você deve saber que há modalidades especiais de investimento onde se permite fixar limites de tipo Stop para manter suas operações com mais garantias.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Na hora de estabelecer estes limites você tem duas opções, limites de ganho e limites de perda. Estes limites se estabelecem para que uma vez chegado a esse nível de benefício ou perda a operação se encerre automaticamente.

A ordem de limite mais habitual é a de limite de perdas Stop Loss. O objetivo desta modalidade é de por um limite de queda ou de subida na operação, para que no caso de que as coisas não saiam como esperávamos as perdas se limitem em um ponto determinado.

Modalidades especiais de investimento

Dentro do mercado financeiro há muitos produtos de investimento para escolher, e um dos mais estendidos há muito tempo até o dia de hoje para operar pela Internet são as opções binárias. Porque você acha que são tão populares?

Possivelmente você também chegou a operar em opções binárias pela sua alta rentabilidade e pela mecânica tão simples destas operações. A seleção de ativos subjacentes tão ampla é uma de suas maiores vantagens e a possibilidade de obter rendimentos de seu capital determinando se um preço subirá também é um atrativo extra.

Estas operações conhecidas como opções de tudo ou nada oferecem uma porcentagem de benefício fixa se você acertar suas previsões, e é uma porcentagem pré-estabelecida, então você não precisará calcular os ganhos que terá, mas terá certeza do resultado caso operar com êxito.

Os tipos de opções disponíveis proporcionam ao investidor mais possibilidades de investimento e os diferentes períodos de vencimento ajudam para ter uma maior flexibilidade nas negociações e adaptar o trading ao estilo e necessidades de cada trader em particular.

Opções Binárias Above/Below

As opções binárias podem ser divididas em vários tipos. As que se conhecem como opções binárias sem mais, ou com o termo Above/Below são as operações comuns que todos conhecemos. As opções onde simplesmente se deve jogar com a direção das tendências.

Nestes investimentos o que o investidor deve fazer é selecionar o ativo subjacente que quiser, fixar se o preço do mesmo subirá ou baixará adquirindo uma opção CALL ou PUT, acrescentar a quantidade a investir, o período de vencimento desejado e confirmar a operação.

Em passos simples você terá executado uma ordem no mercado, e uma vez finalizada dependendo do resultado você poderá recolher os benefícios ou não. Tudo dependerá de se você acertou a previsão ou, pelo contrário, se enganou.

Outros tipos de operações

Além das operações padrão cabe destacar que o mundo das opções binárias tem crescido muito nos últimos anos, e que graças a isso podemos desfrutar de outros tipos de operações para que qualquer investidor se possa sentir cômodo.

As operações binárias são relativamente simples e por isso até os traders principiantes podem iniciar neste mercado sem problema, simplesmente precisam adquirir os conhecimentos adequados e se colocar a praticar para melhorar. Resumindo, precisam se capacitar e ganhar experiência, expondo-se o mínimo aos riscos se for possível.

Dentro do resto de opções disponíveis temos os seguintes tipos:

  • Opções Touch. As opções binárias padrão oferecem um rendimento que oscila entre 70% e 85% dependendo do broker. Pois bem, nas operações One Touch o rendimento é muitíssimo maior, habitualmente desde 350% até 450% da operação. Uma autêntica passada. A diferença entre as operações Above/Below é que nestas também se deve predizer se o preço do ativo alcançará ou não um preço limite previamente estabelecido.
  • Opções de Range. Outro tipo de operações são os de Range onde nesta ocasião o preço do ativo deve se mantiver dentro de algumas margens e não sair de limites estabelecidos. Se o preço se mantiver dentro do range de preços você poderá recolher o ganho fixo.
  • Opções personalizadas. Também há as opções personalizadas onde você poderá ampliar ou reduzir o rendimento das operações e também o nível de risco. Assim você poderá adaptar os investimentos às suas necessidades.
  • Opções Express de 60 segundos. E se você quiser operar a muito curto prazo deixe-me lhe recomendar as opções de 60” onde você desfrutará de altos rendimentos em mudanças pontuais de tendência.

Extras especiais para as operações

Além de múltiplos tipos de opções disponíveis, perfeitas para qualquer perfil de investidor, também há características que te servirão para melhorar a qualidade de suas operações.

Dentro das modalidades especiais de investimento você encontrará as opções de limite de perda (Stop Loss), fechamento antecipado para recolher os ganhos (Take Profit) e a possibilidade de ampliar a duração de suas operações para evitar perdas iminentes (Roll Forward).

A opção Roll Forward te servirá tanto para conseguir mais benefícios como para tratar de dar mais tempo para que uma operação que acabará mal tenha opção de mudar. Não obstante, se uma operação está indo mal o mais recomendável será usar a ferramenta de fechamento antecipado da operação para limitar as perdas já que se ampliamos sua duração e as perdas continuarem estaremos aumentando a dívida e isso não é nada agradável.

Com a opção de Take Profit você poderá congelar o benéfico de sua operação antes do vencimento, então se achar que o rendimento é suficiente simplesmente deve usar essa ferramenta para recolher os ganhos de forma antecipada.

Para concluir, não se esqueça que os Take Profit e os limites de Stop Loss servem para o mesmo, um para congelar o benefício acumulado e outro para deter as perdas. Aproveite essas opções para conseguir melhores rendimentos em suas operações binárias.

Conheça os 7 principais tipos de fundos – e a quem se destinam

Saiba mais sobre as vantagens e desvantagens dos fundos de curto prazo, referenciados, renda fixa, multimercados, ações, cambiais e dívida externa

Escolher o fundo de investimento certo para colocar seu dinheiro não é tarefa simples. Muitos produtos possuem nomes enigmáticos – como fundos referenciados, por exemplo – ou então nomes fantasia que não revelam as reais características do produto – é óbvio que o “fundo diamante” vendido pelo seu banco não foi batizado dessa forma porque investe em pedras preciosas. Pedir ajuda ao gerente tampouco costuma ser produtivo. A maior parte dos responsáveis por uma agência bancária está preparada para gerenciar sua conta corrente, mas não para dar aconselhamento sobre investimentos. O investidor ainda pode recorrer ao prospecto do fundo para obter mais informações, mas nem tudo que estará escrito ali será inteligível.

Cientes das dificuldades dos clientes, os bancos brasileiros deram um passo à frente em 2020 e passaram a oferecer questionários para o investidor avaliar qual a sua tolerância ao risco de investimentos. Conhecido como Análise do Perfil do Investidor (ou API), esse teste foi desenvolvido para mostrar se o cliente do banco tem perfil conservador, moderado ou agressivo – clique aqui, faça o teste e descubra em qual categoria você se enquadra. Ao final do questionário, o banco apresenta uma sugestão da carteira de investimentos mais adequada ao perfil identificado.

“Se o investidor tomar uma decisão contraindicada, estará assumindo os riscos a despeito de todas as orientações”, explica Eduardo Dotta, professor de fundos de investimento do Insper. Neste caso, ele assinará um termo se responsabilizando pela escolha. Apesar de parecer aterrador, o efeito no mercado foi contrário. “Sem a ferramenta, quem era rotulado como conservador ficava ressabiado de aplicar parte do patrimônio na renda variável, ainda que isso fizesse sentido pela inexistência de compromissos financeiros mais imediatos”, diz Marcos Villanova, coordenador da Comissão de Distribuição de Produtos de Varejo da Anbima (a associação dos bancos de investimento) e diretor de Investimentos do Bradesco.

O teste, no entanto, não dará ao cliente subsídio para encontrar o fundo mais adequado entre todas as opções do mercado. Afinal, um banco não vai recomendar o produto do rival mesmo que ele seja melhor. Com o intuito de facilitar a comparação entre os investimentos de diferentes instituições financeiras, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu uniformizar as milhares de opções oferecidas pelos bancos, distribuindo os fundos em sete grandes classes. No Brasil, é possível aplicar em fundos de curto prazo, referenciados, renda fixa, multimercados, ações, cambiais ou de dívida externa. O nome do fundo sempre fará menção à classe em que ele se encontra – mesmo que haja também um nome fantasia. Abaixo o Portal EXAME explica como funcionam esses produtos – e para quem cada um é indicado:

1. Curto Prazo
Os fundos de curto prazo buscam acompanhar as variações das taxas de juros, investindo exclusivamente em títulos públicos federais prefixados ou privados de baixo risco de crédito. As restrições para a compra de ativos com prazo de vencimento longo fazem com que a carteira fique menos sujeita à variações na negociação dos títulos. Em geral, a rentabilidade destes fundos está atrelada à Selic ou à taxa média de empréstimos feitos entre os bancos, conhecida como CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Com um prazo máximo de resgate dos papéis de 375 dias e prazo médio de carteira de no mínimo 60 dias, os fundos de curto prazo são considerados investimentos conservadores e de baixíssimo risco.
Indicação: Como é fácil converter os títulos destes fundos em dinheiro, quem opta por esta aplicação quer mesclar a garantia de resgate a curto prazo com a certeza de não se expor aos riscos e oscilações do mercado. Ainda que a margem de rentabilidade seja pequena, o produto é interessante para quem tem planos que devem se concretizar em menos de 12 meses, como o pagamento das últimas parcelas de um carro ou de um apartamento. É importante lembrar que investimentos de prazo mais curto pagam mais impostos. Quem deixar dinheiro aplicado em um fundo por menos de um mês terá de pagar IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) – a alíquota varia de acordo com o número de dias. Além disso, o Imposto de Renda sobre aplicações em fundos alcança 22,5% do ganho obtido para aplicações de até 180 dias e 20% para investimentos de 181 a 360 dias. Por esse motivo, o professor Mauro Calil, especialista em finanças pessoais, recomenda que o investidor prefira a caderneta de poupança a um fundo de curto prazo sempre que planejar deixar o dinheiro aplicado por menos de 90 dias.

2. Referenciados
Apontam em seu nome o indicador de desempenhos que a carteira acompanha. Em outras palavras, no mínimo 95% dos ativos devem seguir a variação de um parâmetro específico, o chamado benchmark. O instrumento é usado para comparar a rentabilidade entre diferentes investimentos. Fundos referenciados são considerados seguros por terem um piso de 80% dos investimentos em títulos públicos federais ou em títulos de renda fixa privados na categoria de baixo risco de crédito. É nesta categoria que se enquadram os famosos referenciados DI, que recebem o nome por acompanharem as mudanças das taxas de juros do CDI. Por aplicarem recursos em títulos pós-fixados, isto é, com preço sujeito à flutuação do mercado, os fundos DI registram valorização em momentos de alta nas taxas de juros domésticos.
Indicação: A alta liquidez de um fundo DI vale a pena para todos os perfis de investidor por ter a função de proteger o capital. Assim, os agressivos podem reservar uma fatia mais gorda dos seus recursos em aplicações de renda variável, mas ainda assim destinar 50% do capital em DI. Para os conservadores, a porcentagem investida em fundos referenciados pode chegar a 90%. Os moderados podem optar pelo meio do caminho, destinando entre 60 e 70% do seu patrimônio à aplicação. Vale ressaltar que eventuais aumentos na taxa de juros forjam um cenário propício para ganhos financeiros com os fundos DI.

3. Renda Fixa
Investem no mínimo 80% dos seus recursos em ativos de renda fixa prefixados (que rendem uma taxa de juros previamente acordada), ou pós-fixados. Como não precisam acompanhar o desempenho das taxas de juros, estes fundos buscam retornos adicionais em cenários de recuo nas taxas de juros. Isso acontece porque existe a possibilidade de investimento de parte ou mesmo da totalidade do patrimônio em títulos prefixados, ou seja, que irão render determinada taxa independente das oscilações do mercado.
Indicação: Para quem procura a manutenção do poder de compra em reais, os fundos de renda fixa podem ser uma boa alternativa, já que procuram superar a inflação a longo prazo. Dividem a preferência dos investidores brasileiros com os referenciados DI, e assim como estes, podem constituir boa parte do portfólio de investimentos de quem aplica. A porcentagem de recursos investida neste tipo de fundo varia em conformidade com o perfil do cliente. Conservadores podem aplicar a maior parte do patrimônio nos fundos de renda fixa, moderados entre 60 e 70%, e agressivos de 40 a 50%. A diferença é que, ao contrário dos fundos DI, estes fundos tendem a apresentar valorização em situações de diminuição da taxa de juros.

4. Multimercados
Alocam seus recursos em diversas formas de ativos, combinando investimentos em renda fixa, câmbio, ações e derivativos (operações em que o valor das transações deriva do comportamento futuro de outros mercados, como o de ações ou de juros). O risco neste tipo de investimento varia de médio a alto: depende da natureza dos papéis que compõem a carteira e da estratégia escolhida pelos gestores para a administração do patrimônio. A procura pelas melhores oportunidades para diversificar os ativos do fundo se assenta sobre o talento e experiência desses profissionais, que devem combinar a aplicação do percentual ideal dos recursos em cada um dos mercados e investir o dinheiro no momento mais propício.
Indicação: Para o investidor com horizonte de resgate de médio a longo prazo, o fundo multimercado é uma alternativa interessante e pode funcionar como um bom instrumento de poupança, independente do perfil. Se por um lado as políticas destes fundos pressupõem exposição ao risco, por outro as possibilidades de aumentar significativamente a renda são maiores. Isso porque um multimercado congrega a possibilidade de ganhar mais dinheiro com ações, por exemplo, à segurança de não ficar exclusivamente à mercê do mercado (devido à presença de títulos que pagam juros na carteira). O conservador pode destinar 5% do seu patrimônio à aplicação, o moderado de 10 a 20%, e o agressivo, cerca de 30%.

5. Ações
Com no mínimo 67% da sua carteira alocada em ações negociadas em Bolsa de Valores, estes fundos estão sujeitos às mudanças de preços dos ativos e contam com o potencial de valorização dos papéis na busca por rentabilidade. O risco para o investidor é alto, apoiado na volatilidade e inconstância do mercado acionário. Alguns fundos desta classe buscam seguir a oscilação na composição de um índice do mercado acionário, como o Ibovespa ou IBrX. São os chamados fundos passivos. Já os fundos ativos são aqueles em que o gestor toma decisões de investimento a partir de suas análises para a macroeconomia e para determinados setores e empresas.
Indicação: De uma forma geral, atraem investidores agressivos que querem aumentar a margem de lucro sem a urgência de um retorno imediato. Investir em fundos de ações significa aceitar riscos em troca da chance de aumentar o capital em um prazo maior. Não são indicados para quem precisará do dinheiro no curto prazo nem para investidores avessos ao risco.

6. Cambiais
Mantém no mínimo 80% do seu patrimônio em ativos atrelados, direta ou indiretamente, à variação de preços de uma moeda estrangeira ou à mudanças na taxa de juros (cupom cambial). Esses fundos não refletem apenas a cotação da moeda, pois taxa de administração e imposto de renda são tributos abatidos do patrimônio.
Indicação: São uma alternativa para investidores que buscam preservar o poder de compra do seu patrimônio na moeda estrangeira a longuíssimo prazo. Para viagens ao exterior, pode valer a pena simplesmente comprar dólares ao invés de investir em fundos cambiais. Isso porque as taxas de administração e IR ameaçam minar a rentabilidade do fundo. Com o dólar a 2 reais, por exemplo, o investidor precisaria de 6.000 reais para comprar 3.000 dólares. Caso optasse por aplicar o montante no fundo, o capital ficaria sujeito às variações cambiais. Se o dólar chegasse a 3 reais (aumento de 50%) e a carteira acompanhasse 100% da valorização, o investidor passaria a ter 9.000 reais. Contudo, sobre o retorno de 3.000 reais incidiria uma taxação de 15% de IR, o equivalente a 450 reais. A alíquota corresponde a um resgate feito após dois anos. Na prática, o sujeito teria agora 8.550 reais e seus 3.000 dólares iniciais teriam se transformado em 2.850 dólares.

7. Dívida Externa
Investem no mínimo 80% do seu patrimônio em títulos representativos da dívida externa de responsabilidade da União. O restante pode ser aplicado em outros títulos de crédito transacionados no exterior. A rentabilidade dos fundos de dívida externa é determinada por uma combinação entre a taxa de juros paga pelos ativos, o desempenho dos papéis no mercado internacional e a taxa de câmbio entre o dólar e o real.
Indicação: Caso o cliente queira ter títulos negociados fora da país em sua carteira, fundos de dívida externa podem render lucros a longo prazo. De qualquer forma, o investidor assume o risco de ver a rentabilidade afetada pelas variações do real frente ao dólar. Alguns bancos só oferecem esse tipo de fundos a pessoas jurídicas.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Tudo sobre opções binárias e Forex
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: