Criptomoedas

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Criptomoedas

Criptomoeda é uma moeda digital construída com protocolos de criptografia com a finalidade de fazer as transações serem seguras e difíceis de burlar.

Atualmente existem mais de mil criptomoedas espalhadas pelo mundo e cada uma tem a sua peculiaridade. Algumas são mais focadas em velocidade, outras em segurança e diversas outras características.

A principal criptomoeda do mercado é o Bitcoin, que foi criado em 2009 por uma pessoa de pseudônimo Satoshi Nakamoto.

Bitcoin e Criptomoedas no Brasil

Quer saber como investir em criptomoedas no Brasil? Bem-vindo ao Criptofy. ✅
Aqui você acha tudo o que precisa para ser um bom investidor em Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas. Acompanhe as cotações em tempo real.

Plataformas no Brasil

eToro

Ideal Para Começar ✓
16 Criptomoedas
Alavancagem de 1:2
Recomendada ✓

IQ Option

Registro Rápido e Simples
12 Criptomoedas
Alavancagem de 1:2
Conta Demo Grátis

Binance

Sem Depósito Mínimo
+100 Criptomoedas
Sem Alavancagem
Boa Liquidez

Mercado Bitcoin

Depósito Min. R$50
5 Criptomoedas
Sem Alavancagem
Fácil de Usar

Criptomoedas no Brasil

As criptomoedas vieram para ficar. Já é possível investir em Bitcoin (BTC), em Ethereum (ETH), em Ripple (XRP), em Litecoin (LTC) e em muitas outras de forma simples, segura e legal.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Existem centenas de criptomoedas com os mais diversos propósitos, sendo um dos mais populares a possibilidade de fazer transações monetárias. No Brasil, existe um número crescente de comerciantes que aceitam criptomoedas como forma de pagamento.

Tudo isso é possível graças à blockchain, considerada por muitos uma das grandes invenções deste século.

O que é a Bitcoin?

Parece mentira, mas a Bitcoin já tem mais de uma década. A primeira criptomoeda foi inventada por Satoshi Nakamoto e inspirou todo um novo ecossistema baseado na tecnologia blockchain.

Criada em 2008, a Bitcoin foi a primeira moeda digital descentralizada. Não depende de nenhuma pessoa, banco ou governo. As transações são feitas diretamente de pessoa para pessoa, ficando registradas de forma transparente, imutável e privada.

Não é preciso dizer que a Bitcoin e a Blockchain vieram revolucionar a forma como fazemos pagamentos atualmente.

Como Escolher as Melhores?

Com tantas opções, às vezes pode parecer difícil começar, concorda? É essencial analisar várias características de uma criptomoeda para entender o seu valor e potencial de crescimento.

Uma grande qualidade desse mercado é que investir na criptomoeda certa pode trazer excelentes retornos. No entanto é importante saber escolher o projeto certo para ter essa vantagem. E isso, é claro, requer estudo, tempo e dedicação de sua parte.

Conheça uma lista de fatores aos quais deverá prestar atenção no momento em que for investir em criptomoedas.

Notícias e Novidades

Rácio Risco/Recompensa – O Que É e Como Usar?

A gestão do dinheiro é fundamental para o sucesso. Perceba como o Rácio Risco/Recompensa pode ajudá-lo. Aprenda como usar nos seus investimentos!

Bitcoin Vale a Pena? Como Investir em Bitcoin em 2020?

Vale a pena investir em Bitcoin? Ainda vai valorizar? Veja como investir em Bitcoin. Análise do rendimento e funcionamento do BTC ao longo da sua história.

Aconteceu o Terceiro Halving do Bitcoin – Como Foi?

Halving do Bitcoin – O Que É e o Que Esperar em 2020?

Como Operar Forex? Quais as Melhores Corretoras De Forex?

Não Perca Tempo!

Aprenda o Básico

O Que São Criptomoedas?

A palavra fala por si. Criptomoedas são a fusão perfeita entre criptografia e moedas. Confuso? É simples. O criador do Bitcoin, a primeira criptomoeda, descobriu que podia criar um sistema de pagamentos confiável, mais seguro e completamente descentralizado recorrendo à encriptação.

Toda a informação sobre transações é guardada, de forma encriptada, em uma rede que foi chamada de blockchain. Essa tecnologia é a base de todas as criptomoedas! É graças a ela que os utilizadores podem, entre outras coisas, enviar e receber pagamentos muito mais rápido do que no sistema tradicional utilizado pelos bancos, e também com custos inferiores.

Atualmente as criptomoedas são cada vez mais vistas como ativos financeiros relevantes, razão pela qual muitos investidores decidem apostar nesse mercado. As próprias instituições financeiras já não ignoram as criptomoedas, sendo que hoje até os bancos possuem criptomoedas, a fim de diversificação de portfólio.

Quais Tipos de Criptomoedas Existem?

A ideia geral é que, inicialmente, uma moeda serve para fazer pagamentos. De fato, as primeiras criptomoedas surgiram exatamente para cumprir esse propósito, tal como qualquer outra moeda fiduciária. No entanto, as criptomoedas evoluíram e hoje servem para vários propósitos.

Além dos tokens de Pagamento, como é o caso do Bitcoin, os tokens de utilidade tiveram um crescimento enorme e representam hoje grande parte do mercado das criptomoedas. Esses tokens podem ser utilizados para se ter acesso a uma infinidade de serviços, como adquirir poder de processamento adicional de um computador ou mais espaço em uma cloud.

Por último, existem os tokens de bens financeiros, também conhecidos como security tokens. Eles são responsáveis pela terceira grande onda de inovação nesse mercado, já que permitem a criação de tokens de bens de diversas áreas do chamado “mundo real”, tais como do ramo imobiliário, de ações ou de mercadorias.

O Que É Blockchain?

Traduzido de forma literal, a blockchain é uma cadeia de blocos. Mas que blocos são esses? Cada vez que é processada uma transação na rede de uma determinada criptomoeda, toda a informação é encriptada e guardada nesses blocos, que posteriormente formam uma longa cadeia de informação.

A blockchain é, assim, um registro público de informação, que é guardada e mantida em diversas cópias por uma rede de utilizadores, através da internet. Todos os blocos estão interligados em uma cadeia confiável, que torna impossível existir manipulação maliciosa, sem que isso se torne óbvio para os utilizadores da rede.

A encriptação da rede, também conhecida como hashing, é feita através de algoritmos matemáticos complexos que envolvem um grande poder de computação. O que torna a blockchain realmente única é a forma descentralizada como a informação é guardada na rede, sendo que não existe uma entidade responsável pelo seu funcionamento. São os próprios utilizadores que estão na base de sua manutenção.

O Que É Mineração de Criptomoedas?

Na prática, a mineração, ou mining em inglês, nada mais é do que o processo de resolver as equações matemáticas complexas da rede blockchain, validando assim as transações de criptomoedas. Por esse esforço os mineiros são recompensados com novas criptomoedas. Mas quem pode ser mineiro?

Teoricamente, qualquer pessoa que esteja disponível e capacitada tecnologicamente para “ceder” o poder do seu computador para processar a informação da blockchain de uma criptomoeda. Na prática, atualmente cada vez mais é necessário investir em hardware específico para que a mineração seja lucrativa.

Essa atividade tem ainda vários custos associados, como energéticos e ambientais. No caso de criptomoedas como o Bitcoin ou o Litecoin, por exemplo, as recompensas são cortadas para metade de 4 em 4 anos, de acordo com um processo chamado halving, o que tende a tornar a mineração menos lucrativa. Existem hoje autênticas fábricas de mineração que utilizam milhares de dispositivos específicos para isso.

Como Investir em Criptomoedas?

Quando um investimento de dezenas de reais dá um retorno de milhões em um espaço de 10 anos, é normal que chame à atenção de muita gente. Isso aconteceu não só com o Bitcoin, mas com muitas outras criptomoedas que, muitas vezes, alcançaram, em pouco tempo, valorizações acima dos 1.000%!

Mas enquanto há 10 anos era difícil para muitas pessoas entenderem como funcionava o mercado, devido à escassez de informação, e mais difícil ainda adquirir ou investir em critptomoedas, atualmente é muito mais fácil e seguro, devido às muitas plataformas existentes.

Você pode comprar e negociar criptomoedas em poucos minutos de forma confiável. Não só no Brasil, mas também no resto mundo, 2020 foi o ano em que as criptomoedas apareceram nos meios mainstream. Os milionários criados pelo Bitcoin foram notícia em telejornais, revistas e renderam clicks a muitos veículos noticiosos.

Isso também resultou em muita gente investindo em criptomoedas apenas para ir na onda, sem total conhecimento, e por vezes entrando em esquemas fraudulentos que nada tinham a ver com Bitcoin. O mercado das criptomoedas é caracterizado por uma grande volatilidade, o que é bom e mau.

Muitos investidores gostam dessas grandes variações de preço precisamente porque lhes permitem alcançar valorizações significativas em um curto espaço de tempo. Mas, claro, se não souber o que está fazendo, perder será igualmente fácil.

No Criptofy lhe apresentamos dezenas de artigos e notícias sobre esse mercado, além de guias educativos, cuidadosamente elaborados, para que possa aprender de forma simples e prática as grandes linhas desse mercado. Além disso, a nossa comunidade crescente ajuda a alimentar a partilha de conhecimento. Junte-se a nós!

Criptomoedas Promissoras

Existe Vida Além da Bitcoin!

Ethereum (ETH)

Ethereum é visto normalmente como a segunda criptomoeda mais relevante. E não é para menos! Berço para centenas de outros projetos do universo das criptomoedas, o Ethereum é uma plataforma baseada em tecnologia blockchain, que permite a criação de Smart Contracts e de Aplicações Descentralizadas (dApps). Apresenta-se como a “fundação para uma nova era da internet”, mais segura e confiável e menos centralizada. O seu criador, Vitalik Buterin, é visto como uma espécie de Rock Star do mundo da blockchain.

Litecoin (LTC)

Litecoin é dito que “está para a prata como o Bitcoin está para o ouro”. Não é de estranhar, pois essa criptomoeda foi feita à imagem da criptomoeda-mãe, e o seu fundador, Charlie Lee, nunca teve como objetivo ultrapassar o Bitcoin. Quis, sim, que o Litecoin fosse um complemento sólido, utilizado para transferências menores do que as feitas com Bitcoin, aplicando também taxas de transação relativamente mais baixas. O certo é que o Litecoin rapidamente ganhou relevância e ainda hoje é tido como uma das principais criptomoedas.

Ripple (XRP)

Ripple é uma das criptomoedas que mais divide a comunidade, precisamente pelas dúvidas em torno da sua descentralização. É que o XRP anda de mãos dadas com inúmeras instituições financeiras, por serem financiadoras da sua empresa-mãe, a Ripple. Polêmicas à parte, esse é um dos projetos com maior potencial para revolucionar os pagamentos, já que ultrapassa em grande escala a velocidade permitida pelo Bitcoin, uma vez que a sua rede suporta até 1.500 transações por segundo (TPS). Só o tempo dirá se será capaz de alcançar todo o seu potencial.

Quais criptomoedas comprar? Aprenda a analisar

Com o crescimento do mercado de criptomoedas, cada vez mais pessoas estão ganhando muito dinheiro e vendo valorizações astronômicas nos seus investimentos. Mas existem milhares de moedas virtuais diferentes, como saber qual delas você deve comprar?

Essa é a pergunta que tentaremos responder nesse artigo. Obviamente, não existe fórmula mágica, o que existe são procedimentos sensatos que quando seguidos adequadamente, podem resultar em ótimos resultados. Obs: se você quiser acompanhar notícias relacionadas a criptomoedas, recomendamos o jornal cointelegraph. Procuramos também comentar periodicamente as notícias mais relevantes do mercado de criptomoedas nessa playlist.

Iremos listar abaixo alguns aspectos que você deve analisar em uma criptomoeda para medir o seu potencial:

1) Entenda a proposta do projeto

Criptomoedas representam uma nova tecnologia, portanto cada moeda pode ser encarada como um projeto. Em outras palavras, qual o problema que esse projeto está se propondo a resolver? Já sabemos que o Bitcoin se propõe a resolver o problema das transações financeiras, permitindo que cada usuário seja seu próprio banco, sem depender de intermediários, é uma enorme inovação.

O mundo não precisa de um outro Bitcoin, afinal ele já possui um. Muitas criptomoedas não são nada além de uma cópia do Bitcoin com outro nome. Isso agrega algum valor? Existe alguma possibilidade do Bitcoin ser substituído por essa nova moeda? Provavelmente não, afinal não faz sentido trocar um projeto conhecido e bem sucedido, com milhares de full nodes espalhados pelo mundo gerando robustez para a rede, por uma outra moeda idêntica que não possui toda essa infraestrutura.

Por isso, é fundamental entender exatamente qual o diferencial da criptomoeda que você está analisando, se existem vantagens, conceitos inovadores, e não apenas isso, mas se esses conceitos fazem sentido e têm potencial de serem utilizados massivamente no futuro.

Para conhecer a proposta do projeto, visite o site da moeda, assista os vídeos instrutivos, dê uma analisada (mesmo que seja superficial) no white paper da moeda. Se você não sabe inglês, use o Google Tradutor. Se você está tendo muitas dificuldades para entender a proposta da moeda, provavelmente é por que a moeda não é boa, afinal não soube mostrar claramente para seus potenciais investidores qual a sua proposta e o seu diferencial.

No final desse artigo você verá algumas moedas que analisamos, observe a análise que fizemos e aproveite para aprender sobre esses projetos.

Tente descobrir também se existem concorrentes, ou seja, outras criptomoedas que se propõem a fazer algo semelhante. Uma boa maneira de fazer isso é colocar no Google ou Youtube: “Litecoin vs”, assim provavelmente apareceriam vídeos comparando a moeda Litecoin (nesse exemplo) com outra semelhante. Detalhe: o fato de existirem vídeos nesse sentido não significa necessariamente que a moeda possua concorrentes, apenas irá ajudar você você a pesquisar e analisar se de fato a moeda é inovadora, única, ou não.

No vídeo abaixo, explicamos com detalhes tudo o que você precisa saber. Aproveite para se inscrever no canal!

2) Descubra quem é a equipe que está desenvolvendo a criptomoeda

Procure no website pelo “team” da moeda, ou seja, quem são as pessoas que estão por trás do projeto. Geralmente as criptomoedas mostram não apenas os nomes das pessoas, mas também mostram seus perfis, títulos acadêmicos, experiências, etc. Isso é muito importante!

Um bom projeto precisa de uma boa equipe. De nada adianta um projeto parecer ter uma ideia inovadora, ultra-complexa, se o time de desenvolvimento não parece ser capacitado para tal desenvolvimento. Aliás, existem muitas fraudes nesse mercado, então desconfie de promessas muito utópicas, veja se a equipe parece capacitada para entregar o que promete.

Da mesma forma, mesmo que uma moeda não pareça oferecer características tão revolucionárias, se ela possui um time forte, considere, pois talvez exista algo muito importante que grandes mentes estão trabalhando e que merece ser acompanhado.

Mas como saber se a equipe é forte? Infelizmente não temos como medir a inteligência ou capacitação das pessoas, então a melhor métrica que podemos usar é conferir as formações acadêmicas (doutores, PHDs, ou profissionais com forte bagagem acadêmica são um excelente sinal, pois em um ramo de inovações tecnológicas como esse, pesquisadores são essenciais, passando credibilidade para o projeto), experiências no ramo de programação, criptografia ou computação em geral também são relevantes (há quanto tempo esse profissional trabalha no ramo, em quais empresas ele já trabalhou, quais cargos ocupou, etc.).

Quando a equipe possui nomes conhecidos como “Ex-diretor da área de tecnologia da Microsoft” (exemplo hipotético), ou “Co-criador da linguagem Javascript”, isso passa um sinal muito forte de credibilidade. Esses exemplos foram um pouco exagerados, mas é apenas para fortalecer a ideia.

Geralmente as moedas possuem também Advisors, que são conselheiros do projeto. Pessoas importantes como conselheiros são um bom sinal, mas procure saber de fato qual o envolvimento desses conselheiros, se realmente estão envolvidos no projeto ou se estão apenas acompanhando de longe. Não esqueça que conselheiro é diferente de equipe.

3) Veja se a criptomoeda possui parcerias com empresas ou universidades

Não é um pré-requisito essencial para afirmar que o projeto é bom, mas caso o projeto possua parcerias com universidades ou empresas grandes, isso é um ótimo sinal! Criptomoedas precisam de equipes fortes de pesquisa e desenvolvimento (parcerias com universidades colaboram muito nesse sentido) e público para utilizar a tecnologia (o que pode ser facilitado a partir de parcerias com empresas).

Portanto, qualquer parceria nesse sentido é um ponto muito positivo a ser considerado.

4) Descubra detalhes sobre a comunidade

Toda moeda possui uma comunidade. Veja quantas pessoas estão envolvidas no projeto no GitHub, se existem canais para interação com o público, etc. Esse fator costuma não ser tão importante quanto a qualidade da equipe, mas pode ser decisivo dependendo do projeto. Por exemplo, se você não tem muita certeza sobre a qualidade da equipe, mas existe uma comunidade grande envolvida no projeto, é um ótimo sinal. O Bitcoin, por exemplo, é um projeto criado por uma grande comunidade.

5) Considere o market cap da moeda

Market cap é o volume financeiro associado à moeda. No site Coinmarketcap você pode descobrir isso facilmente, inclusive comparando com outras criptomoedas.

Market caps grandes significam que a moeda é bastante popular, possuindo muitos investidores. Isso é um sinal positivo por um lado, afinal mostra que mais pessoas estão acreditando no projeto. Por outro lado, é um sinal negativo, pois talvez represente que a moeda tem pouco espaço para crescer e valorizar mais.

Como estamos em um estágio incipiente do mercado de criptomoedas, um market cap alto hoje não significa que a moeda já esteja no seu auge, afinal o mercado inteiro de moedas virtuais ainda pode crescer muito, e nesse caso, os melhores projetos vão valorizar ainda mais. Então o fato de ter um market cap alto não significa que não haja potencial. O Bitcoin, por exemplo, é a criptomoeda de maior market cap, e mesmo assim apresenta crescimentos muito altos em alguns momentos. Leve isso em consideração.

Porém, é evidente que moedas com market cap baixo possuem mais potencial de retorno, afinal atingir um valor de mercado de 1 bilhão de dólares em market cap não é algo tão difícil. Então se uma moeda é promissora e possui um market cap de 100 milhões de dólares, caso ela chegue em 1 bilhão isso representará uma valorização de 10x no seu investimento.

Portanto, o investimento dos sonhos é aquele em que você encontra bons sinais em todos os 4 pontos que mostramos acima, mas a moeda ainda possui um market cap baixo. Obviamente, esses casos são raros e representam os maiores potenciais. O Portfólio Premium é resultado de uma análise minuciosa em todas as criptomoedas disponíveis no mercado, procurando garimpar exatamente esses projetos com baixo market cap e grande potencial de valorização.

Não se iluda investindo em moedas apenas por que elas estão “baratas”. Lembre-se sempre que o mercado não é bobo, se uma moeda está barata deve ser por que não tem muito valor e você pode perder todo o seu capital. Invista primeiro em fundamentos, depois cogite o potencial. Até por que potencial é algo relativo, é possível que uma moeda que esteja em 3º lugar geral em market cap (ou seja, aparentemente já está muito valorizada) cresça ainda muito mais e supere o próprio Bitcoin. Quem irá definir isso são os fundamentos. Então coloque isso em primeiro lugar sempre.

Para ajudar você, já disponibilizei algumas análises de criptomoedas e seus projetos. Clique em cada uma abaixo conforme seu interesse:

Obs: esses artigos acima não estão atualizados. As atualizações e o acompanhamento dos projetos estão no Portfólio Premium.

Confira também esse resumo técnico das propostas de 100 criptomoedas. No canal Aprendizado Cripto, há diversas análises também que publico regularmente.

Para descobrir todas as criptomoedas que eu considero promissoras pensando em longo prazo, acesse o Portfólio Premium.

Você também pode acompanhar notícias e fatos relevantes do mercado pelo Telegram: https://t.me/aprendizadocripto

Obs: esse site não tem como objetivo servir como aconselhador financeiro, apenas expressamos e compartilhamos nossas opiniões pessoais. Sempre estude e invista somente naquilo que você entende. Invista primeiro em conhecimento. E tenha muita atenção, rejeite planos e promessas de retornos financeiros, pois o mercado infelizmente está cheio de pessoas de má índole tentando tirar vantagem dos menos instruídos.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Tudo sobre opções binárias e Forex
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: